O maior rei do Tinder

Confere só a dica usada por um gajo no Tinder:

“Jules, isto é simples. Há duas maneiras de fazermos isto. A primeira: podia-te convidar para sair e podíamos ter um almoço romântico. Ao início ia parecer um pouco estranho, visto que nos conhecemos no Tinder, mas quando te apercebesses que eu era um gajo carismático e engraçado, ias-te sentir muito mais à vontade na minha companhia e ias apreciar.

A partir daí as coisas iam rolar naturalmente. Encontros frequentes que iam levar a um relacionamento em que gostávamos um do outro e aproveitávamos a companhia um do outro. Eventualmente ganhava coragem e pedia-te em casamento. Iamos viver juntos. Depois de engravidares deixavas o teu trabalho e eu segurava as pontas lá em casa com o meu ordenado. Claro que com a vinda do segundo filho as coisas iam descambar. Só ias ter tempo para eles. Eu ia trabalhar diariamente para nos sustentar e o amor que existia na relação ia desvanecer. Eu ia começar a ter affairs e tu eventualmente ias descobrir. Por fim, o divórcio. Ficavas com os miúdos e acordávamos que eu os podia ver aos fins de semana. As pobres crianças iriam crescer com os seus pais a odiarem-se.

Não era justo para eles, o que me leva à segunda maneira de fazermos isto: damos uma rapidinha e usamos preservativo. Toda a gente fica a ganhar. Pensa nos miúdos, Jules.”

Esta é a Jules (a do meio):

O maior rei do Tinder

Aqui fica o chat original:

O rei do Tinder

O maior rei do Tinder

Fonte: Não É Grande Pistola

Este website usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. mais informação

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close